quinta-feira, 3 de julho de 2014

Reflexos

Reflexos
 
Mar.
Abismo quebrado na dureza das coisas;
Arrasta-me.
Céu em espelho lançado em profundidade;
Roça-me a pele em estilhaços de noite.
 Eleva-me à escuridão.
Flutuo.
Mar, Céu, Noite.
Eu.
Quebrada na profundidade. No abismo das coisas,
Lunifico-me.

1 comentários:

Unknown disse...

Gostei da nova palavra "Lunificar", a verdadeira poesia inventa novo léxico, e assim se avalia a profundidade das palavras. Como sempre, gostei da foto, será um vórtice?